"PERDE A VERGONHA. GANHA A CORRIDA."

Foi difícil aceitar a tua ida. Foste sem dizer porquê nem como, mudaste repentinamente e deixaste-me na incerteza. Criaste uma confusão e bagunçaste-me as ideias. Demorou até que conseguisse ordenar e digerir tudo o que aconteceu e foi mesmo isso que me custou. Quando finalmente consegui por em ordem as ideias, conclui que tinhas partido. Partiste sem dizer uma única palavra, nem um simples “adeus”. Eu tentei variadas vezes que tu voltasses mas essas tentativas não foram bem sucedidas. Ao fim de três meses lembraste que eu existo e começas a falar. Não esperes de mim boa reacção. Porque quem muito se ausenta, um dia deixa de fazer falta.

unhasmalpintadas:

Espalho sorrisos o dia todo, mas desabo antes de dormir. Falo não me importar mais, mas ainda escrevo certos nomes no vidro embaçado do chuveiro. Digo ‘vai embora’ querendo pedir para que fique. Finjo que não vi, tendo a vontade imensa de ir ai te abraçar. Ignoro, olho torto, finjo passar despercebido, sem importancia, indiferença. Me faço de forte, mas sou mais frágil do que pensam. (unhasmalpintadas)

3 comentários:

  1. Porque quem muito se ausenta, um dia deixa de fazer falta.... o tempo cura tudo!:P

    ResponderEliminar
  2. pq se consegui-mos sobreviver por três meses sem eles mas com a dor que fica; podemos viver uma vida inteira sem eles e sem dor.

    ResponderEliminar

obrigada! volta sempre. cheers*