Wish you were here

«(...) Acordou de repente. Olhou em volta e o escuro tomava conta do seu quarto: eram quatro da manhã. O telemóvel estava aceso, não sabe como. Esticou o braço e alcançou-o: era ele. Era uma mensagem dele que há dias que não lhe dizia nada. Não foi esquecimento, nem por sua vontade. A justificação estava escrita na mensagem: "Meu amor. Desculpa esta minha ausência. Fiquei sem telemóvel por uns dias porque o meu estragou-se e demorei a arranjar outro. Sei que deves estar triste e chateada comigo, mas entende-me! Quem me dera que não tivesse de te avisar desta forma, quem me dera que pudesse estar contigo todos os dias para não ter de ser esta correria ao telemóvel. Desculpa mais uma vez. Estás a dormir... Tenho quase de certeza por isso espero que quando acordes leias isto e quero que te proporcione um sorriso nessa cara, princesa. Quando menos esperares, estarei a teu lado. Até lá, quero que saibas que te amo. Amo-te muito e todos os dias da minha vida". Ela ficou radiante ao ler aquilo e nessa mesma noite, sonhou com ele. Mais tarde acordou e voltou a ler a mensagem, sorrindo mais uma vez. Sorriso esse que todos os dias ele lhe coloca na cara, mesmo com a mais pequena coisa ou gesto...»


Tumblr_lnd1utbx0h1qaazfmo1_500_large
Tumblr_lno9wgqnye1qcf1dqo1_500_large
Tumblr_lno38a3tny1qc6supo1_500_large

3 comentários:

  1. Gostei muito !
    Adorei "Sorriso esse que todos os dias ele lhe coloca na cara, mesmo com a mais pequena coisa ou gesto..."

    ResponderEliminar

obrigada! volta sempre. cheers*