love hurts, but sometimes it's a good hurt and it feels like i'm alive: EDITADO.


eu errei. eu errei e sei que errei no passado. errei de uma forma impensável e de uma forma infantil e tenho plena consciência disso. sei que o fiz, tenho noção disso e admito-o as vezes que forem precisas. sofri por isso, vi muita gente virar-se contra mim, vi muita gente deixar de me falar por aquilo que fiz. vi muita gente e muitas amizades passarem-me ao lado, em vão. senti muita dor e muito arrependimento. ouvi muitas coisas más a meu respeito, soube de muitas conversas paralelas sobre mim que não eram verdade. mas apesar disso eu assumi o meu erro, assumi que não o devia ter feito. e então? errar é humano. sei que é sempre esta a desculpa que se dá quando se comete um erro, mas não é verdade? todos erramos. mas parece que cada vez que eu erro, é logo motivo para me virarem costas. por isso mesmo, dei o braço a torcer e assumi tudo o que fiz, sabendo que muitos dos detalhes não eram verdade. só quis que tudo desaparecesse da minha memória. porque o que fiz são meras más memórias que não quero relembrar. esqueci-te depois de tanto tempo de ausência e tanto tempo de maus-olhares. mas tudo mudou e o meu mundo deu uma volta e virou-se do avesso. completamente. passaste a ser tudo, e antes eras (quase) nada. passas-te a ser tudo o que eu de mais valioso tinha. passas-te a ser aquele que eu desejei e ao qual entreguei todos os meus sentimentos e o que de melhor eu sou. com isso tudo, eu tentei redimir os meus erros e dei o meu melhor, como sempre faço. entreguei-me de coração aberto e dei-te tudo de mão-beijada. será que fiz mal? achava que o teu amor era tão grande que achei melhor entregar-me por completo... mas afinal? que amor era esse que, de um momento para outro, desapareceu? assim, sem mais nem menos? tanta conversa, tanta coisa, tanto latim gasto, para isto? estás a tentar fazer com que eu pague pelos meus erros? não é justo, porque tu também já erraste e eu nunca te sacrifiquei por isso. acho que o que (supostamente) sentes por mim não te permite fazes-me isto. não vai de encontro com aquele rapaz que conheci sempre, não. não mereço. sem dúvida que não entendo. entendo que haja alturas na nossa vida em que nos sentimos confusos e que não sabemos o que queremos. pois eu também me sinto assim. mas sei o que sinto, porque está gravado no coração. marcado como se tivesse sido tatuado lá. o teu nome está lá, assim: escrito. e lá permanecerá para sempre. o que sinto saberei sempre porque é algo que não muda.  e para ser sincera, nunca me senti assim, nunca me senti assim. basta tocarem no teu nome, que relembro tudo o que passámos. vejo-te ao longe e as minhas pernas tremem que nem varas verdes. oiço a tua voz, e ela entra nos meus ouvidos e soa todo o dia. és tudo o que tenho no meu pensamento. a melhor coisa que me podia acontecer era vires falar comigo. preciso de ti! deixa-me ser quem tu mais queres, como antes. deixa-me invadir os teus sentimentos e nunca mais sair do teu coração. és tudo o que eu neste momento quero. sinto tanta falta do teu toque. sinto falta da tua mão entrelaçada na minha. volta para mim, amo-te tanto.

3x10 - skins fan art
GIF's - skins fan art
GIF's - skins fan art
GIF's - skins fan art


Os últimos dois gifs não têm nada a ver, apenas acho-lhes piada.

9 comentários:

  1. Está fixe e mais uma vez digo, gosto tanto de vir aqui :p
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. podes crer!

    está lindo, lindo, lindo. não desistas daquilo que queres

    ResponderEliminar
  3. erramos mas temos sempre uma segunda oportunidade ;$ ou deviamos ;$

    ResponderEliminar

obrigada! volta sempre. cheers*